jump to navigation

Sem amor* 4 - dezembro - 2006

Posted by Marcos Reis in Autoria própria, O homem e Deus.
trackback

 

A inteligência sem amor, me faz perverso; A justiça sem amor, me faz implacável; A diplomacia sem amor, me faz hipócrita; O êxito sem amor, me faz arrogante; A riqueza sem amor, me faz avarento; A docilidade sem amor, me faz servil; A pobreza sem amor, me faz orgulhoso; A beleza sem amor, me faz ridículo; A autoridade sem amor, me faz tirano; O trabalho sem amor, me faz escravo; A simplicidade sem amor, me deprecia; A lei sem amor, me escraviza; A política sem amor, me deixa egoísta; A virtude sem amor, se torna defeito. A vida sem o amor de Deus… não tem sentido.

 

 “Assim, permanecam agora estes três: a fé, a esperança e o amor. O maior deles porém, é o amor.”

I Co 13:13

 

*Baseado em um texto recebido por e-mail, de autor desconhecido.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: