jump to navigation

A vida em Pouca Vogal 23 - novembro - 2008

Posted by Marcos Reis in Autoria própria, Citações, Música, Shows.
trackback

sb10067080aw-001

Hoje fui assitir o show do Pouca Vogal no teatro da UCS. Feeling total, Gessinger e Leindecker sintonizados em belos arranjos para velhas e novas músicas.

Silêncio, o que seria da música sem ele?
Deus fala ao silenciar, aconteceu comigo, semana passada.
E silêncio é algo precioso em nosso mundo barulhento.
Exagero estraga.
Quero mais silêncio…
Por pior que ele possa parecer.

Abaixo seguem alguns versos que serviram pra mim. Fim de ano, fim de facul, fim de namoro, fim de semana… Desculpe me delongar, mas caiu como luva, e sem pressão (Breve).

A Força do Silêncio
Humberto Gessinger e Duca Leindecker

Pra que tanta inteligência?
Pra que tanta emoção?
Qualquer coisa em excesso faz sucesso meu irmão
Quanta gente com certeza
Tanta gente sem noção
Em excesso até o fracasso faz sucesso por aí
E eu tenho fé na força do silêncio

Se as cores vão berrando no sol ensurdecedor
Fecho os olhos… Outro mundo
Vou morar no interior
Transbordou a mesa ao lado
Um tsunami arrasador
Fecho os olhos… Outro mundo
Vou morar no interior
E eu tenho fé na força do silêncio…

Além da máscara82750757
Gessinger

agora que a terra é redonda
e o centro do universo é outro lugar
é hora de rever os planos
o mundo não é plano, não pára de girar
agora que o tempo é relativo
não há tempo perdido, não há tempo a perder

num piscar de olhos tudo se transforma
tá vendo? já passou!
mas ao mesmo tempo
fica o sentimento
de um mundo sempre igual
igual ao que já era
de onde menos se espera
dali mesmo é que não vem

agora que tudo está exposto
a máscara e o rosto trocam de lugar
tô fora se esse é o caminho
se a vida é um filme, eu não conheço diretor
tô fora, sigo o meu caminho
às vezes tô sozinho, quase sempre tô em paz

num piscar de olhos tudo se transforma
tá vendo? já passou!
mas ao mesmo tempo
esse mundo em movimento
parece não mudar
é igual ao que já era
de onde menos se espera
dali mesmo é que não vem

visão de raio-x
o x dessa questão
é ver além da máscara
além do que é sabido, além do que é sentido
ver além da máscara

Tententender
Humberto Gessinger e Duca Leindecker


se eu disser que vi rastejar
a sombra do avião
feito cobra no chão
tent’entender minha alegria :
a sombra mostrou o que a luz escondia

o jogo acabou de repente
o céu desabou sobre a gente
tent’entender : quero abrigo
e não consigo ser mais direto

Na paz e na pressão
Leindecker

um pássaro na mão82020981
um pássaro no ar
um pássaro que vem
um pássaro que vai voltar
pro seu lugar

e pelo mar do sul
azul imensidão
bem longe daqui
livre de toda pressão
da minha mão

O vôo do besouro
Humberto Gessinger


fala sério, o que (é) que tem
quem tem medo de enfrentar
a lembrança sempre vem
numa noite sem luar

Depois da curva
Humberto Gessinger e Duca Leindecker

amanhã, talvez
esse vendaval faça algum sentido
dá pra se dizer
qualquer coisa sobre todo mundo

por hoje é só
vou deixar passar a ventania
talvez amanhã
vento, vela e velocidade

mar azul
céu azul sem nuvens
logo ali… depois da curva
ali, logo ali, ali… depois da curva

amanhã talvez
esse temporal saia do caminho
dá pra escrever
o papel aceita toda qualquer coisa

82988449por hoje é só
vou deixar passar a tempestade
talvez amanhã
água pura e toda verdade

mar azul
céu azul sem nuvens
logo ali… depois da curva
ali, logo ali, ali… depois da curva

ali, logo ali, ali… depois da curva
ali, logo ali
eu vi, eu vim, venci a curva

Anúncios

Comentários»

1. Ana Júlia - 25 - novembro - 2008

Eu não disse que valia cada centavo?! heheh
Tenho que concordar: esse show me fez pensar mais que aulas de filosofia! Sério, repassei a vida toda, embalada pela trilha sonora genial deles… e a frase que ficou na minha cabeça a semana toda foi “a máscara e o rosto trocam de lugar”. Genial!
Boa semana, Marcos! Abração ;D

2. Priscila - 27 - novembro - 2008

Aí, Markitos! Também fui no show, e bah, foi um exclente investimento em termos de cultura, entretenimento e SAÚDE! Sim, foi quase uma terapia pra mim.. Viajei no show, me levou a refletir sobre minha vida, sobre o ritmo frenético no qual acabei me enfiado, naquilo que eu realmente quero, …

Sempre gostei tanto de Engenheiros quanto de Cidadão Quem, mas essa parceria do Gessinger e do Duca realmente superou minhas expectativas. Grande sensibilidade, ótimos arranjos, tudo muito macio e suave… Uma ótima trilha sonora para a vida.

Um grande abraço!

3. Marcos Reis - 27 - novembro - 2008

Pri e Ana! Obrigado por sua contribuição! Concordo plenamente com as duas! Tbm fez bem pra minha saúde! Confirmou a minha busca por paz e aguçou minha vontade de semear o ócio criativo nesse mundo em que as 24h se resumiram a 7. Gessinger e Lindecker foram fundo, diretamente na ferida da sociedade que já começa a supurar, e com precisão cirúrgica, com arte que cativa a todos que os ouvem. Enfim, um ótimo investimento mesmo! Abraço!

4. Vítor Ferolla - 1 - dezembro - 2008

O PAVA está fazendo uma Newsletter só para blogueiros e dessa vez é sério.

Para entrar na lista basta me enviar um e-mail com seu Nome, E-mail e Endereço de Blog e Data de Aniversário para:

amigodopava@gmail.com

Obrigado!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: