jump to navigation

Arte pela areia 21 - abril - 2009

Posted by Marcos Reis in Citações, Livros, O homem e Deus.
trackback

200545178-001

“Aquele que dentre vós estiver sem pecado seja o primeiro que lhe atire pedra” (Jo 8.7).”

Ele, então, voltou à atividade. Aquele que havia desenhado as galáxias com o mesmo dedo, agachou-se como um aluno, sua língua talvez dobrando-se no canto da boca, escrevendo mais uma vez aquelas palavras pelas quais daríamos um tesouro para saber quais foram, mas que nunca saberemos.

Rabiscando na Areia

No meio de uma turba de homens loucos, ela estava assustada e só
Quando vozes cheias de ódio gritavam que ela deveria agora
ser apedrejada
Mas no ar ao seu redor pendurava-se um vasto e
inexprimível amor
Quem sabe no meio de qual lição brilhante Ele estava?
De início Ele encarou a fúria do desprezo farisaico
Mas então se inclinou e de pronto tornou-se o olho calmo
da tempestade
Esta foi sua resposta silenciosa à exigência obscura e cruel
Toda uma vida em um momento, enquanto Ele rabiscava
na areia
Foi silêncio. Foi música
Foi arte. Foi absurdo
Ele inclinou-se e gritou bem alto
Sem dizer sequer uma única palavra
O mesmo dedo da mão forte
Que havia escrito os Dez Mandamentos

Fonte: “Cristo e a Criatividade“, Michael Card.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: