jump to navigation

Mais que… Ficam… 6 - abril - 2010

Posted by Marcos Reis in Autoria própria, Igreja Perseguida, O homem e Deus.
4 comments

 Essa imagem faz muito sentido para algumas pessoas em termos de reflexão e mudança...

 Mais que…

… as longas horas de viagem de carro e ônibus;
… a chuva, o barro, o frio;
… o desafio de atuar como John Payn, um australiano, agente fictício da Portas Abertas que só fala inglês;
… interpretar Julio "Ramirez", um perseguidor fictício, sujo e sarcástico que intimida cristãos e zomba de Jesus a todo momento;

 

Mais que tudo isso ficam…

… a incrível satisfação e a profunda alegria de ser uma ferramenta útil nas mãos de Deus apesar das minhas limitações em termos de conhecimento, língua, memória, etc;
… a surpresa de ser usado por Deus de formas nada convencionais, que poderiam até ser questionadas pelas pessoas mais pragmáticas.
… a (rara*) oportunidade de chorar em empatia com o sofrimento alheio;
… a oportunidade de perceber a força do amor prático (mesmo em uma dinâmica de simulação).
… o questionamento da fé em Cristo e a consequente reafirmação desta sobre bases sólidas e essenciais.
… a sensação impresionante de ver, tocar e ouvir pessoas de todo o país que tem ouvido a voz de Deus da mesma forma que eu e meu grupo de amigos em Caxias.
… a satisfação de rir e zoar com amigos que se encontram uma ou duas vezes durante o ano, mas que mesmo assim desenvolvem e mantêm uma intimidade sobrenatural;
… fica também a oportunidade de perceber o mundo espiritual sendo revolucionado de forma natural através de pessoas que se amam e amam a Deus.

Nesses últimos dias saboreei um manjar espiritual como a tempos não desfrutava. Isso porque "quando sou fraco, então que sou forte" (II Co 12:10). Agora estou mais motivado ainda a oferecer essa oportunidade ao maior número de pessoas possível. E também estou louco pra matar a saudades de conversar com minha namorada sem hora pra desligar o telefone e voltar a conviver com os amigos que são de sempre e para sempre, hehe! Há tempo pra tudo, e em tudo há satisfação ao estar em conformidade com a mensagem do evangelho.

* Rara devido aos antolhos equinos que vestimos todas as manhãs ao acordar em nossos confortáveis lares.

Escrito às 21h de 05/04/10, na BR 116 a cerca de 60 Km de Curitiba, sob uma chuva initerrupta, assim como initerrupto tem sido também o cuidado de Deus por mim, pela Samy e pela Dani em todos esses quilômetros já percorridos indo e vindo do acampamento Underground realizado em Campos do Jordão – SP.

Anúncios