jump to navigation

Hope Rise – A esperança se levanta 9 - novembro - 2010

Posted by Marcos Reis in Autoria própria, Citações, O homem e Deus.
1 comment so far

1289333837830_fO corpo de um jovem deita em sono eterno. E a esperança se levanta. Hope rise!

A esperança de que nem a morte poderá nos separar do amor de Deus (Rm 8:38-39). A esperança de que por mais que esse mundo mal castigue a carne, nosso espírito eterno está guardado junto de Deus (Jo 10:28-29). A esperança de que neste momento seus irmãos e irmãs em Cristo dão um triste “até mais”, e não um desesperado “adeus”. A esperança de que a dor, por mais intensa que possa ser, um dia há de ter fim. Nem que seja naquele lugar “onde não haverá mais lágrimas, nem choro se ouvirá; Onde juntos todos viveremos, face a face O veremos” (Of. G3). Um dia terá fim, nAquele dia. “Eu desejo tanto ver O Dia chegar…” (L. de Carvalho)

Que se levante a esperança para a família, diariamente! Que se levante a esperança para os amigos que ainda não provaram a fonte de paz que excede todo o entendimento, eternamente! (Fp 4:7)

Hope, rise! Diariamente e eternamente.

Amém.

 

Foto extraída de Aquela paz ♪

Comentários

Anúncios

Espera 18 - junho - 2010

Posted by Marcos Reis in Autoria própria, O homem e Deus, Poema.
2 comments

Relembrando uma antiga postagem que nem existe mais na web…

Espera

Comentários

Os aliens já chegaram! 13 - maio - 2010

Posted by Marcos Reis in Autoria própria, Igualdade social, O homem e Deus, Opinião, Política.
5 comments

clip_image001

Como você identifica quem é o Alien e quem é o humano nessa imagem??

(pensa…)

(pensa…)

(pensa…)

É óbvio quem é o Alien!! Ele é totalmente desvinculado da realidade; Apesar de eu nunca ter sido fã dos seus filmes, eu vejo que ele causa desconforto ao humano que está perto dele; Ele não é nada amigável, e nem pretende ser; Ele quer "desovar" no humano e torná-lo um hospedeiro de sua "alienação"; Ele não compreende a realidade humana. Sua atuação pode acabar com a humanidade;

Você sabe de quem eu estou falando? Não é só de uma boa história de ficcção. E talvez você não acredite em mim quando eu disser que "eles estão entre nós". Que eles já chegaram e querem dominar a sociedade! E talvez o fato de você não acreditar seja um sintoma de que você já é um hospedeiro alienado!

Existem diversos aliens organizados desovando suas ideias alienantes por aí, facilmente identificados: o movimento pró maconha; a IgrejaEvangélicaCrenteNeopentecostalDaProsperidadeD’ÁguaQueTiraEncosto; grande parte da política partidária brasileira; o mundo louco do trabalho; os acumuladores de capital; os entusiastas do glamour; os acadêmicos inertes (acumuladores de conhecimento não aplicado); os ateus;

Todos desvinculados da realidade. Todos causando desconforto ao homem. Todos interessados em serem alienistas ou ao menos em manterem-se alienados. Não estão nem aí pra humanidade!

Projeto SETI!! Parem de procurar na estrelas! Os aliens já chegaram!

No próximo post vou comentar sobre algumas espécies. Clique aqui, assine o blog e receba as atualizações por e-mail!

Se você lembra de mais alguma espécie alien e acha ela importante, tosca ou ameaçadora, ‘clicaqui’ e ‘colocaumcomentário’!

#voltandodasfériasdeummêsdoblog #mtoprafazer=pcopensar

Mais que… Ficam… 6 - abril - 2010

Posted by Marcos Reis in Autoria própria, Igreja Perseguida, O homem e Deus.
4 comments

 Essa imagem faz muito sentido para algumas pessoas em termos de reflexão e mudança...

 Mais que…

… as longas horas de viagem de carro e ônibus;
… a chuva, o barro, o frio;
… o desafio de atuar como John Payn, um australiano, agente fictício da Portas Abertas que só fala inglês;
… interpretar Julio "Ramirez", um perseguidor fictício, sujo e sarcástico que intimida cristãos e zomba de Jesus a todo momento;

 

Mais que tudo isso ficam…

… a incrível satisfação e a profunda alegria de ser uma ferramenta útil nas mãos de Deus apesar das minhas limitações em termos de conhecimento, língua, memória, etc;
… a surpresa de ser usado por Deus de formas nada convencionais, que poderiam até ser questionadas pelas pessoas mais pragmáticas.
… a (rara*) oportunidade de chorar em empatia com o sofrimento alheio;
… a oportunidade de perceber a força do amor prático (mesmo em uma dinâmica de simulação).
… o questionamento da fé em Cristo e a consequente reafirmação desta sobre bases sólidas e essenciais.
… a sensação impresionante de ver, tocar e ouvir pessoas de todo o país que tem ouvido a voz de Deus da mesma forma que eu e meu grupo de amigos em Caxias.
… a satisfação de rir e zoar com amigos que se encontram uma ou duas vezes durante o ano, mas que mesmo assim desenvolvem e mantêm uma intimidade sobrenatural;
… fica também a oportunidade de perceber o mundo espiritual sendo revolucionado de forma natural através de pessoas que se amam e amam a Deus.

Nesses últimos dias saboreei um manjar espiritual como a tempos não desfrutava. Isso porque "quando sou fraco, então que sou forte" (II Co 12:10). Agora estou mais motivado ainda a oferecer essa oportunidade ao maior número de pessoas possível. E também estou louco pra matar a saudades de conversar com minha namorada sem hora pra desligar o telefone e voltar a conviver com os amigos que são de sempre e para sempre, hehe! Há tempo pra tudo, e em tudo há satisfação ao estar em conformidade com a mensagem do evangelho.

* Rara devido aos antolhos equinos que vestimos todas as manhãs ao acordar em nossos confortáveis lares.

Escrito às 21h de 05/04/10, na BR 116 a cerca de 60 Km de Curitiba, sob uma chuva initerrupta, assim como initerrupto tem sido também o cuidado de Deus por mim, pela Samy e pela Dani em todos esses quilômetros já percorridos indo e vindo do acampamento Underground realizado em Campos do Jordão – SP.

Um hotel, um problema seu 4 - março - 2010

Posted by Marcos Reis in Autoria própria, Citações, Curiosidades, Igualdade social, O homem e Deus, Opinião, Política.
add a comment

image Já viu esse hotel? http://bit.ly/aSnfgP

E já sabe disso? http://tinyurl.com/ybjh84y

Resumindo:

O primeiro link refere-se a um hotel em Abu Dhabi que custou US$ 3 bi e que oferece um pacote de uma semana de hospedagem  no valor de US$ 1 milhão (entre outras extravagâncias exorbitantes).

O segundo link leva a uma entrevista com Jacques Diouf¹, na qual ele afirma: para acabar com a fome no mundo bastaria um investimento anual de 44 bilhões de dólares no setor agrícola dos países pobres (gastos com irrigação, armazenamento e estradas. Também pode-se incluir investimentos em tecnologia transgênica). Ele também fala de quem é a responsabilidade:

É, antes de tudo, uma questão de tomada de consciência ao nível público, ao nível político. Porque não são os recursos que faltam. (…) Eis o problema. Ele é ético. O problema é moral. E é político. Esperemos que, agora, haja uma maior tomada de consciência – sobretudo porque houve motins em 22 países, com mortos – e porque sabemos que o problema da alimentação é, com certeza, um problema de solidariedade entre os humanos, mas é também um problema de paz e de segurança no mundo.

Assim, o hotel de Abu Dhabi não é somente um hotel luxuoso a ser admirado. Ele exemplifica um problema a ser observado: a desigualdade social.

A desigualdade social é um problema ético, moral, político (na mais ampla interpretação da palavra), o problema da falta de solidariedade, de paz e de segurança. Por isso é um problema dos cristãos. É um problema da Igreja. É um problema nosso. O problema está presente na nossa cidade, é um problema seu.

Deus nos faz sensíveis e inteligentes para perceber nossa responsabilidade como cristãos diante de tal problema, além de nos tornar criativos e nos dar as condições para agirmos agora, onde estamos. Basta estar disposto a viver o cristianismo em sua essência e integralidade.

Para ler: Mateus 5:1-20 (destacam-se os versos 5, 9, 13-16 e 20)

1 – Diretor-Geral da Organização para a Agricultura e Alimentação das Nações Unidas (FAO);

Devoção 24 - fevereiro - 2010

Posted by Marcos Reis in Citações, O homem e Deus.
add a comment
 

"Santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade..”¹

Pai Nosso"É relativamente fácil repetir as palavras do Pai Nosso como um papagaio (…). Orá-las com sinceridade, contudo, tem implicações revolucionárias." ²

"Santificado seja o teu nome"… Esta oração expressa um anseio de que Deus seja parte de nossa rotina, que nossos atos e palavras estejam carregados do amor e da sabedoria divinas. Isso transforma o nosso modo de agir de forma revolucionária.

"Venha o teu Reino"… Enquanto o que governa a sociedade de modo geral é o egocentrismo, o dinheiro e o poder, o reino de Deus vem sinalizar um novo cenário, um novo contexto de vida, baseado em amor incondicional e justiça plena. Desejar sinceramente o Reino de Deus implica em estar disposto e envolvido de forma prática na transformação social.

"Seja feita a tua vontade"

"A vontade de Deus é a vontade daquele que é perfeito em conhecimento, amor e poder. Por isso é tolice resistir a ela". ²

Nem sempre essa vontade se expressa de forma clara na religião e nas “formas clássicas” de viver uma vida “correta”. Nada melhor que pedir diretamente a Deus qual a sua perfeita vontade. Muito mais do que aquilo que queremos ou podemos imaginar, a vontade de Deus vai de encontro às necessidades mais íntimas de nosso coração, necessidades que nem nós mesmos podemos discernir. E geralmente Ele as supre de forma nada convencional.

"De onde menos se espera, dalí mesmo é que não vem. Além do que é sabido, além do que é sentido, ver além da máscara", já diria Gessinger. ³

Fica a dica pra quem está satisfeito com a vida do jeito que ela é: não perca tempo repetindo as palavras de Jesus em sua "devoção", vá curtir sua vida ao seu modo. O Pai Nosso não é oração pra quem está conformado, não é rasa e nem confortável.

    

1 – Trecho do Evangelho de Mateus, capítulo 6 versos 9 e 10;

2 – “A Bíblia Toda o Ano Todo”, John Stott, 1 ed., pg. 202;

3 – “Além da Máscara”, Humberto Gessinger – Pouca Vogal (.mp3)