jump to navigation

Cuidados Quiropráticos para mulheres grávidas?

.


.Visite também:

.

www.quiroblog.wordpress.com
.

quiroblog.jpg


Com certeza! Isso é uma das melhores
gravida-2.jpg coisas que podem ser feitas para as futuras mães e seus futuros filhos. É fato que existe um grupo de pessoas que precisa de cuidados quiropráticos mais seguidamente do que outros: grávidas constituem um deles. Mulheres grávidas vêm tendo maior responsabilidade pelo seu corpo e sua gestação. Elas estão se informando mais, fazendo mais perguntas, comendo melhor, exercitando- se e buscando uma vida mais saudável, cuidando melhor de si mesmas. Dentro deste propósito devemos considerar a Quiropraxia como uma parte essencial do programa de vida saudável da gestante.

Benefícios da Quiropraxia no pré-natal para gestante e seu bebê:

· Redução das dores nas costas durante a gravidez
· Redução da pressão intra-uterina e posição invertida do bebê
· Redução do tempo de trabalho de parto
· Redução da dor no parto e da utilização de muitos remédios
· Redução do risco de injúrias com o bebê

A fim de entender como a Quiropraxia é importante para o cuidado pré-natal, iremos relatar um pouco sobre o que é Quiropraxia: Quiropraxia é um método de manter o corpo livre de subluxações vertebrais na coluna. Os nervos espinhais comprimidos ou alterados por subluxações podem prejudicar a função normal do corpo, interferindo na saúde e podendo desencadear doenças. A Quiropraxia corrige as subluxações através de ajustes, assegurando que a coluna espinhal está funcionando corretamente e que os nervos estão liberados de qualquer “stress”. O quiropraxista examina a coluna vertebral procurando desalinhamentos que podem causar interferência no sistema nervoso e afetar o trabalho do organismo inteiro. Tudo isso é extremamente importante para a gestante que precisa ter seu organismo o mais saudável e forte possível para suportar todo o processo de gravidez e parto. Os cuidados quiropráticos irão ajudar a garantir um ótimo funcionamento do organismo, mantendo ele no melhor nível possível sem interferência na coluna vertebral e no sistema nervoso.

gravida_1.jpg Dor nas costas durante a gravidez é normalmente devido ao aumento de peso no abdômen. Tal causa pode aumentar a curvatura da coluna lombar, colocando maior pressão nos nervos espinhais dessa região. Outros sintomas que podem ser manifestados são dores, sudorese e edema nas pernas e pés, e dor ao redor do osso do púbis. Em um estudo envolvendo 94 gestantes, 23 delas sofriam de dores nas costas. Após receberem ajustes quiropráticos, 91% dessas mulheres apresentaram alívio da dor e dos sintomas.

Cuidados quiropráticos diminuem a possibilidade de pressão intra-uterina, quando os movimentos do feto ficam restritos no útero. Essa pressão intra-uterina pode causar no feto uma inabilidade de virar a cabeça para baixo no período do nascimento, que pode resultar num nascimento invertido (em vez de sair a cabeça primeiro, sai a bundinha). Se este stress for removido, o bebê será capaz de mover-se livremente para sua posição correta para o parto. Alguns quiropraxistas são especialistas em Webster Turning Technique. A técnica de Webster é sutil e possui uma maneira efetiva de fazer o feto virar da posição invertida para sua posição correta.

Redução do trabalho de parto que irá ocorrer normalmente pelo resultado dos músculos do útero e abdominais que estarão balanceados e trabalhando juntos com as contrações. Isso é possível porque o sistema nervoso está livre de stress (interferência), deixando o músculo otimizar as contrações no trabalho de parto. Mulheres que recebem ajustamentos quiropráticos durante sua primeira gravidez possuem trabalho de parto mais rápidos em média 24%. Mulheres de gestações subseqüentes possuem um trabalho de parto mais rápido em 39% comparado a pacientes sem auxilio da quiropraxia.

redução da dor no parto e menor utilização de medicamentos através da aprendizagem que seu corpo deve funcionar melhor. Gestantes ativas durante a gestação fazem com que o corpo mantenha-se saudável e forte. Preparando o organismo para o desafio do parto através de exercícios para a pelve feitos no chão. Esses exercícios irão manter os músculos do fundo da pelve a ficarem mais tonificados e ajudam a prevenir fatiga. O resultado serão contrações mais produtivas e controláveis. Praticar a visualização do nascimento, também ajuda. A futura mãe deve obter o máximo de informações possíveis, ler muito sobre o assunto, educar a si mesma sobre todo o processo e opções de partos. Quanto mais ela entender todo o processo, mais relaxada e segura ela estará. De 500 mulheres no trabalho de parto, 70.4% tiveram alívio da dor quando uma aplicação de pressão foi realizada nas costas (lombar), dessa maneira eliminando a necessidade de remédios narcóticos para a dor e tranqüilizadores.

Quiropraxia não só apenas ajuda a mãe durante a gestação mas também reduz o risco de injúrias no bebê. A pelve da mãe deve ser corrigida de possíveis desalinhamentos, pois a pelve alinhada na posição correta, facilita o nascimento, reduzindo assim o risco de sangramentos do cérebro, distorções do crânio no feto, e diminui a necessidade de vacum ou fórceps no parto.

Como você pode ver a quiropraxia oferece vários benefícios tanto para a mãe como para o filho. Quiropraxistas são treinados para avaliar e se necessário ajustar qualquer mudança que ocorra no corpo da gestante. As macas quiropráticas tem modificações especiais para a gestante, assim não será aplicando pressão sobre o feto. Ajustes quiropráticos são seguros e efetivos para cuidados pré-natais em mãe e filho.

Fonte: Jornal de Quiropraxia “Chiropratic Care for Pregnant Women?”
Dr. Julie L. Dean

Comentários»

1. Fran - 6 - junho - 2007

Muito bom Marcos…
Intruindo o pessoal aí!
Abraços

2. Walquíria - 18 - novembro - 2007

Estou grávida de 5 meses, gostaria de receber mensagem sobre dores no músculo do púbis lado direito.
Quando me levanto, caso esteje deitada, sinto dor na músculatura do púbis próximo a coxa da perna direita (posso dizer na vagina) mas na musculatura abaixo da cesária, está é minha segunda gravidez, e perguntei ao obstetra ele não soube me informar.
Gostaria de receber mensagem urgente em meu e-mail.

3. Marcos Reis - 19 - novembro - 2007

Olá Walquíria!

Agradeço sua visita ao blog e parabéns pelo seu interesse na sua saúde!

Como você leu no texto, dores ao redor do púbis são comuns na gravidez. Tais dores comumente têm origem em um desalinhamento da pelve (“bacia”) devido à frouxidão ligamentar que ocorre durante a gravidez (o que é normal) e também pela própria presença do feto em seu ventre e todas as mudanças estruturais necessárias para que ele fique bem acomodado e cresça. Neste caso a quiropraxia remove o desalinhamento, eliminando a causa da dor e assim promove seu bem estar.

Porém, é necessário que se faça um exame físico completo para avaliar e definir pontualmente qual a causa da sua dor e a melhor maneira de tratá-la. Para isso recomendo que você procure um bom quiropraxista e marque uma consulta com ele.

Para que você tenha critérios sobre como escolher um bom quiropraxista recomendo que leia este texto: “Quiropraxia“. E se quiser saber mais sobre como é uma consulta quiroprática, pode ler este texto: “O que esperar de uma consulta quiroprática?“. Espero poder contribuir para sua saúde e bem estar!

Abraço!

Obs.: Enviei esta mensagem para seu e-mail também.

4. Benedito filho - 3 - fevereiro - 2008

e primeira vez q vous er papai tenho 25 anos minha espoza tem 18 ela esta gravida de 2 meses a urina dela esta forte e normal

5. Benedito filho - 3 - fevereiro - 2008

ela foi ao medico mas esqueceu q sua urina esta com cheiro forte e enormal vou leva ela no medico de novo

6. Benedito filho - 3 - fevereiro - 2008

cidade do maranhão eu tc fuia braço to feliz srrsrs codo

7. Marcos Reis - 5 - fevereiro - 2008

Olá Benedito!

Desculpe, não pude compreender muito bem sua dúvida, mas aconselho que você e sua esposa procurem um obstetra / ginecologista para responderem quaisquer perguntas e fazerem um acompanhamento dessa gravidez, garantindo saúde e bem estar para você, sua esposa e o bebê.

Abraço!

8. adriano paixão - 16 - maio - 2008

Olá,minha esposa tem 40 anos e está gravida,só que ela teve um sangramento recente,na verdade não foi muito sangue,só uns raios.o que é mais aconselhado fazer?
quais os cuidados são recomendados?ah,em nossa casa o nosso quarto fica no andar de cima devemos mudar para baixo para que ela não force algo?muito obrigado por responder

9. Marcos Reis - 16 - maio - 2008

Olá Adriano!

Não há como formular uma resposta coerente com a situação sem antes examinar sua esposa, portanto, o mais aconselhado continua sendo o acompanhamento de um profissional obstetra, que irá fazer um exame clínico completo e reunirá todas as informações necessárias para responder a estas e outras questões. Hoje em dia os recursos são muitos e uma gravidez aos 40 anos não assusta mais em condições normais, mas continua inspirando cuidados especiais a partir de um bom acompanhamento profissional.

Com certeza será mais confortável para a sua esposa se ela puder evitar o esforço de subir e descer escadas. Quanto a maiores riscos, em situações normais eles não existem, por isso insisto que se faça um acompanhamento pré-natal para eliminar a possibilidade de anormalidades.

Felicidades pra você, sua esposa e o bebê!

10. Justino Antonio Governo - 15 - novembro - 2009

Ola!

A minha mulher tem 27 anos de idade, e esta concebida a três meses, mas não consegue se alimentar tudo que come lança (vomita muito) e esta quais sempre sem apetite.
Gostaria de saber com quantos meses se pode ver numa ecografia o sexo do bebe?
Ela esta sempre com muitas dores de barriga. é normal?
Que tipo de alimento que nos aconselha?
Ja teve um aborto com sintomas iguais.
Agradecia o vosso conselho.

11. Marcos Reis - 15 - novembro - 2009

Olá Justino,

Assim como já tenho respondido a outros leitores, aconselho que você e sua mulher procurem o obstetra a fim de solucionar suas dúvidas. A busca por informações sobre saúde na internet é útil em termos de curiosidade. Porém quando estamos lidando com sintomas o melhor é consultar com um profissional da saúde, que dará o atendimento e as informações mais adequadas.

Atenciosamente.

12. danielle pinheiro - 18 - fevereiro - 2010

Gostaria da indicação de algum quiroprata que possuísse a maca especial para gestante, pois nos dois que já fui não há e sinto que alguns ajustes não podem ser realizados devido à impossibilidade de se deitar de barriga para baixo na maca normal.
Obrigada,
Danielle

13. Marcos Reis - 24 - fevereiro - 2010

Olá Danielle!

De onde você é? Posso pesquisar sobre colegas que trabalham na sua região.

14. Gabriella Bispo - 1 - agosto - 2010

gostaria da indicação de um quiropraxista, moro em Piedade, Jaboatão dos Guararapes região metropolitana do Recife PE. Estou com 4 meses de gestação e sinto muitas dores na região lombar. A quiropraxia é indicada durante as crises de coluna ou depois que as dores aliviam para evitar novas crises?

Aguardo resposta, obrigada!
Gabriella

Marcos Reis - 15 - outubro - 2010

Olá Gabriela!

Sinto muito, mas não conheço quiropraxistas que atuam nessa região no PE. Mas você pode ficar atenta ao site da ABQ (http://quiropraxia.org.br/), na aba “Encontre um Quiropraxista”, e ficar sabendo quando um quiropraxista começar a atuar na sua região. Você também pode entrar em contato direto com a ABQ e informar-se a respeito do quiropraxista que atuem próximo da sua cidade.

Att.

15. Claudia - 15 - outubro - 2010

Boa tarde!!

Ouvi dizer que a quiropraxia é contra indicada na região pélvica e lombar na gravidez devido a essas estruturas estarem mais móveis por causa das alterações hormonais, poderia me esclarecer?
Obrigada

Marcos Reis - 15 - outubro - 2010

Olá Cláudia!

Ótima pergunta. Exatamente por causa do aumento da mobilidade articular tais estruturas estão mais sucetíveis à disfunção articular e consequente dor.

Para corrigir tais disfunções e eliminar ou atenuar a dor, observa-se a aplicação de técnicas quiropráticas adequadas para a condição de mobilidade aumentada na gravidez, eliminando as contra-indicações que determinadas técnicas utilizadas com pessoas em condições normais poderiam oferecer à uma mulher grávida.

Portanto, algumas técnicas quiropráticas são sim contra-indicadas para mulheres grávidas, mas a quiropraxia possui uma gama de outras técnicas que não oferecem riscos à futura mãe.

Atenciosamente.

Claudia - 19 - outubro - 2010

Obrigada pelo esclarecimento.

16. Claudia - 19 - outubro - 2010

Em relação ao torcicolo, quando nem conseguimos movimentar p pescoço direito, como a quiroraxia atua? Na hérnia de disco, há o risco de pinçamento quando realiza a técnica?
Obrigada pela atenção

Marcos Reis - 10 - novembro - 2010

Olá Claudia,

Em relação ao torcicolo, existem técnicas adequadas, aplicadas a segmentos específicos, buscando o reequilíbrio neuromusculoesquelético e consequente melhora do paciente. Na hérnia de disco também existem técnicas adequadas, aplicadas a segmentos específicos que não oferecem risco de pinçamento nervoso. Muito pelo contrário, tais técnicas resultam no alívio da pressão sobre o disco e do possível pinçamento que esteja presente.

17. Os números de 2010 « > >) Refletor (< < - 3 - janeiro - 2011

[…] Cuidados Quiropráticos para mulheres grávidas? maio, 2007 20 comentários 3 […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: